Sem título (13.03.2016)

Que as próximas gerações perdoem aquilo que hoje não fazemos. Que não cometam a injustiça de nos achar preguiçosos, burros os qualquer coisa. Dormir, hoje, é um desafio e cada impossibilidade do mundo nos mantém de olhos insones, com a força de mil sóis. O barco vai cheio de loucos e os loucos sonhadores, com muita sorte, são obrigados a servir os canapés. Os menos afortunados são obrigados a achar-se na caldeira, queimando contra a vontade a lenha que faz o barco andar. Outros, em situação ainda pior, se jogam do convés e, enfim, nenhum de nós jamais assumiu ou teve chance de assumir o leme, apontar a direção.

Trocamos segredos nos corredores, confabulamos e dividimos o conhaque. Contamos nossas histórias a fim de que juntas elas tenham força de existir um dia mais. Decoramos à moda as nossas estalagens, compartilhamos nossos livros e aquilo que sabemos de ouvir falar. E algumas vezes nos encorajamos mais, falamos em melhor tom, assumimos o palco e arranhamos a gala. Algumas vezes abandonamos os nossos postos e conseguimos constranger. Nós escrevemos sobre esses dias e conversamos. Como conversamos…

Mas as nossas costas também doem, as nossas crianças em algum lugar do mundo também precisam comer. E assim vamos dormir, às vezes, ressecados, pensando se tornamo-nos os nossos calos ou se somos feitos, enfim, daquelas poucas vezes em que conseguimos, paramos o barco, decapitamos o capitão. Abandonamos a cama todos os dias incapazes de concluir se somos os calos que se talham em nós ou se somos o caos que talhamos no tempo.

Nesses dias de incerteza, só fazemos pedir que as próximas gerações nos perdoem. Só fazemos pedir que nos encorajem e nos entendam. Somos, no posto onde estamos, nas horas dos dias, nos feriados dos anos, sonhadores. O mundo que desejamos, com força o desejamos, não está pronto. E por isso não nos repitam, nem nos derrubem, não cedam, mas juntem. Virar esse barco carecerá, e disso sabemos bem, de cada pedaço de força lançado das mãos quem ainda vem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s